Vocacionados para a eternidade

Viver pelos propósitos eternos de Deus é a única maneira de viver de verdade. Todo o resto é apenas existir. A maioria das pessoas luta com as três questões básicas da vida. A primeira é a identidade: “Quem sou eu?”. A segunda é a importância: “Significo alguma coisa?”. A terceira é o impacto: “Qual é a relevância do meu viver?”. As respostas destas perguntas estão na Palavra de Deus.

No cenáculo, quando Jesus concluiu seu ministério junto aos discípulos, ele lavou os pés deles como exemplo e disse: “Agora que vocês sabem estas coisas, felizes serão se as praticarem”. João 13:17

Uma vez que saiba o que Deus quer que você faça, a benção vem quando você põe em prática o que aprendeu. Uma vez que você sabe que Deus tem propósitos eternos para o seu viver será feliz se puser em prática.

AS GRANDES QUESTÕES DA VIDA

É preciso definir, e se possível por escrito, sua declaração de compromisso com os propósitos de Deus, respondendo estas cinco grandes perguntas. Ao escrever podemos relembrar sempre que o desânimo aparecer:

O que será o centro de minha vida? Essa é a questão da adoração. Para quem irá viver? Você pode basear sua vida em torno de sua carreira, sua família, um esporte ou passatempo, dinheiro, prazer ou outras atividades. Tudo aquilo que está no centro de nossa vida, está na verdade recebendo nossa adoração. Quando comprometeu a sua vida com Cristo, ele se moveu para o centro. É preciso mantê-lo lá através da adoração. Quando a ansiedade toma conta, a preocupação se alastra pode significar que Deus está sendo posto de lado. É preciso coloca-lo de volta. A Bíblia diz: Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus. Filipenses 4:6-7

Qual será o caráter de minha vida? Essa é a questão do discipulado. Que tipo de pessoas você será? Deus está mais interessado em quem você é do que o que você faz. Seu caráter pode definir o destino eterno que terá, sua carreira não. Faça uma lista das características que precisa desenvolver. Comece pelos frutos do Espírito Santo (Gálatas 5) ou as bem aventuranças. Pedro disse: Por isso mesmo, empenhem-se para acrescentar à sua fé a virtude; à virtude o conhecimento; ao conhecimento o domínio próprio; ao domínio próprio a perseverança; à perseverança a piedade; à piedade a fraternidade; e à fraternidade o amor. 2 Pedro 1:5-7

Qual será a contribuição de minha vida? Essa é a questão do serviço. Qual será seu ministério no corpo de Cristo? Conhecendo sua formação espiritual, opções do coração, temperamento, recursos pessoais e áreas de experiência é importante definir em que ajudará a igreja de Cristo. Paulo afirma essa importância: O serviço ministerial que vocês estão realizando não está apenas suprindo as necessidades do povo de Deus, mas também transbordando em muitas expressões de gratidão a Deus. 2 Coríntios 9:12

Qual será a mensagem de minha vida? Essa é a questão de sua missão junto aos incrédulos. É preciso ter uma declaração de missão, um testemunho pronto para fornecer a todo aquele que pedir o motivo de sua convicção em Cristo. O compromisso de testemunhar sobre a mudança que Jesus Cristo operou em sua vida é algo com o qual Deus conta. Sua mensagem deve incluir a todos, pai, mãe, amigos e colegas. Se você é pai ou mãe você tem a missão de educar seus filhos para que amem a Cristo, ajudando a compreenderem os propósitos de Deus para as suas vidas. Josué elaborou a declaração de sua casa: “Mas eu e minha casa serviremos ao Senhor” Josué 24.15

Qual será a comunidade de minha vida? Essa é a questão da comunhão. Como você irá demonstrar seu compromisso com os outros irmãos na fé? A qual igreja local me juntarei como membro ativo? Quanto mais amadurecer na fé desejará amar mais o corpo de Cristo. Tenha sempre uma palavra de amor e encorajamento para a igreja de Deus. É a noiva de Jesus Cristo, temos de cuidar bem dela.

DEUS QUER USAR VOCÊ

O texto de Atos 13.36 diz que “Davi serviu aos propósitos de Deus em sua geração”. Centenas de anos mais tarde Davi foi lembrado como alguém que viveu por propósitos bem definidos: os do Senhor. Nem as gerações passadas, nem as futuras podem servir a Deus nesta geração. Somente nós podemos. Deus conta com você: Pois os olhos do Senhor estão atentos sobre toda a terra para fortalecer aqueles que lhe dedicam totalmente o coração. 2 Crônicas 16:9

Você é uma pessoa com quem Deus pode contar? Você deseja servir aos propósitos de Deus em sua geração?

Algum dia a história será encerrada, mas a eternidade durará para sempre. Wiliam Carey disse: “O futuro é tão brilhante quanto as promessas de Deus”. Quando parecer difícil cumprir seus propósitos, não ceda ao desânimo. Lembre-se da recompensa a qual durará para sempre.

Imagine como será naquele dia, quando todos apresentarmos nossa vida diante do trono de Deus, louvando a Cristo com profunda gratidão. Juntos diremos: “Tu, Senhor e Deus nosso, és digno de receber a glória, a honra e o poder, porque criaste todas as coisas, e por tua vontade elas existem e foram criadas”. Apocalipse 4:11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *