CORAÇÕES QUEBRANTADOS

CORAÇÕES QUEBRANTADOS

O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido.
Salmos 34:18

Qualquer pessoa que sirva a Deus de forma sincera e que constantemente faça uma análise do coração perceberá que seu maior inimigo não é o governo, nem a linha doutrinária da igreja, nem o temperamento herdado dos pais. Mas seu grande obstáculo a um serviço profundo e de crescimento vertiginoso na comunhão com Deus é ele mesmo.

Perceberá que seu homem exterior e seu homem interior estão em desarmonia, pois ambos inclinam-se para direções opostas (Gál. 5.17). Perceberá a dificuldade que seu homem exterior tem de submeter-se ao Espírito Santo de Deus, o que o impede de cumprir os propósitos mais elevados de Deus.

Muitos dos servos de Deus, ainda estão no leite espiritual, sendo incapazes de realizar as obras mais elementares. Não buscam aprofundar seu discipulado com o Pai, de subir o monte ao chamado de Deus.

A Palavra de Deus nos ensina que devemos crescer ao externar o caminhar santificado pelo Espírito de Santo, tendo condições de conhecer a Palavra de Deus, deleitando-nos nela, de discernir a condição espiritual dos outros, especialmente os que nos fazem oposição gratuita, de transmitir as verdades de Deus ao mundo com ousadia e firmeza doutrinária.

Mas as distrações do homem exterior, os prazeres da carne nos desviam deste foco nobre. Assim reavivameto, zelo, jejum, pudor, erudição bíblica, súplicas e agradecimentos parecem ser desperdício de tempo.

Quando isso acontece com um filho de Deus, o qual ama muito, ele coloca em tratamento para que seja mais útil: o quebrantamento.

“Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor.
Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda.
João 15:1,2

FACILITE O FLUIR DO ESPÍRITO

Note como a Bíblia dá ênfase no maniqueísmo estrutural humano:

Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus;
Mas vejo nos meus membros outra lei; Romanos 7:22,23

O nosso homem interior tem prazer na lei de Deus.

Para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior;
Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações. Efésios 3:16,17

Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia. 2 Coríntios 4:16

Quando Deus vem habitar em nós pelo seu Espírito, vida e poder, ele assume nosso espírito, o qual chamamos de homem interior.

Não à toa a primeira benção do Evangelho é “bem aventurados os pobres de espírito”. Deles é o reino dos Céus.

Do lado de fora deste homem interior está a alma, residência dos nossos pensamentos, emoções e vontade.

Assim como somos vestidos por roupas, o espírito está vestido pela alma e nosso corpo físico.: nossa parte sensorial, vulnerável à contingencialidade do mundo.

Precisamos observar que a pessoa que cresce no trabalho do Senhor é aquela cujo homem interior, consegue suplantar o exterior. Que consegue liberá-lo da contingencialidade, prazeres do mundo e despojar-se das circunstâncias ao redor.

Essa é a nossa primeira dificuldade em deixar fluir o Espírito de Deus como Jesus quer.

Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água. João 7:38

O EXEMPLO DA NATUREZA

O Senhor Jesus em João 12.24 nos ensina: Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto. João 12:24

A vida e o poder de germinar estão no interior do grão de trigo. Mas somente quando a casca dura que há por fora é quebrada, pode germinar e dar muito fruto. A pressão da terra, umidade e o rachar desta casca liberam o grão para frutificar.

Assim nós também precisamos deixar a zona de conforto que nosso homem exterior deseja e ansiar as coisas do Espírito:

Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. Mateus 16:25

Liberamos o homem interior quebrando o exterior, ou como Paulo diz, esmurro o meu próprio corpo para ser encontrado aprovado (1 Cor. 9.27).

Umas pessoas são mais usadas por Deus do que outras. Não porque Deus ama mais uns que outros, mais porque alguns têm vencido o homem exterior, liberando o bom perfume de Cristo, outros estão no processo.

Alguns ainda estão presos no homem exterior, se achando importantes diante de outros semelhantes, guardando amarguras sem fim numa auto piedade nociva, aprisionados num amor próprio que julga deixa-lo mais bem resolvido neste mundo. O problema é que nosso destino não eternamente estar neste mundo, mas nos céus. Lá não entra quem não nascer de novo, morrendo para si.

O VASO DE ALABASTRO TEM DE SER QUEBRADO

A Bíblia fala sobre o Nardo puro. Deus em Sua Palavra usou este termo para que pudéssemos notar que ele é verdadeiramente espiritual. Mas, se o vaso de alabastro não for quebrado, o nardo puro não pode fluir.

Muitos ainda estão entesourando o vaso pensando que o seu valor excede ao bálsamo. Muitos pensam que seu homem exterior é mais precioso que seu homem interior. Mas as coisas de Cristo se discernem espiritualmente.

Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.
Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo. 1 Coríntios 2:14-16

Alegre-se quando Deus permitir situações que visam quebrar seu homem exterior. Ele está te chamando para que você frutifique mais, para que você seja mais maduro e está te chamando para um caminhar mais altaneiro (2 Cor. 12.9).

Não devemos murmurar, nem desanimar, nem ainda culpar ao Senhor pelas desventuras neste mundo pecador, mas glorifica-lo para que esse trabalho se dê mais rápido. Podemos facilitar o trabalho dele, ou alongar o quebrantamento.

Você tem claramente o propósito do Senhor para a sua vida? Você se sente plenamente feliz com seu relacionamento com Jesus hoje e com o nível de intimidade com ele?

Jacó fugiu de casa, mas Deus estava com ele. Trabalhou anos para se unir à mulher que amava. Viu o filho mais no povo à época, ser vendido como escravo e a sua amada Raquel desfalecer no parto de Benjamin. Ao saber da prisão de Benjamin no Egito foi até lá e descobriu uma grata surpresa: Deus havia em sua soberania salvo toda a família da fome e os fez prósperos naquela terra, convertendo muitos ao Deus de Israel. Recebeu de volta seu filho José que agora era um dos homens mais poderosos da terra.

Moisés passou 40 anos sendo quebrantado e discipulado no deserto, antes de cumprir o propósito de sua vida. No devido tempo o fez.

Israel passou 70 anos no exílio, pois era povo de dura cerviz. Hoje é muito raro ver um judeu dobrado a uma imagem, ou ídolo.

Não importa a situação, descansemos na soberania do Pai celeste e perseveremos na tribulação, pois o Senhor está perto dos que tem um coração quebrantado.

Feliz é o homem que persevera na provação, porque depois de aprovado receberá a coroa da vida que Deus prometeu aos que o amam. Tiago 1:12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *